Quarta-feira, 20 de Maio de 2009
História do velho crocodilo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 O velho crocodilo

 

Era uma vez um velho crocodilo que vivia longe da família. Longe dos filhos e dos netos. Quando a família o ia visitar perguntava-lhe sempre se ele queria ir viver com eles para o outro lado do rio. Mas a resposta era sempre igual: «quero morrer no meu canto.»
Mas quando a família partia ele ficava triste e deitava algumas lágrimas. Um dia encontrou um passarinho que queria ser seu amigo, mas o crocodilo disse-lhe que ele era muito mau, chegou-se ao pé dele e abocanhou-o. Mas de seguida arrependeu-se, abriu a boca para ele sair. O passarinho ficou assustado, mas mesmo assim insistiu em ser seu amigo e começaram a viver juntos e daí nasceu uma grande amizade. 
Bianca 3º ano 
O velho crocodilo
 
Era uma vez um crocodilo velhinho, que estava sempre no seu canto, estava sempre tão quieto que até parecia uma pedra.
O velho crocodilo só se mexia para comer e beber água.
A família morava longe, no outro estremo do rio, só o iam visitar uma vez por ano. Ele chorava e ficava triste por não ter um amigo. Entretanto um passarinho chamou o crocodilo e perguntou-lhe se ele queria ser seu amigo. O crocodilo avisou que era mau, chegou ao pé dele e abocanhou-o, mas de repente arrependeu-se e libertou-o. O crocodilo admirou a sua coragem.
A partir daí ficaram amigos e viveram juntos para sempre, foi uma estranha amizade.       
André Cardoso 3º ano
 

O velho crocodilo

      Era uma vez um velho crocodilo que vivia num canto da selva. A família ,os netos e os filhos, viviam no outro extremo do rio. A família vinha visitá-lo uma vez por ano, levam-lhe sempre presentes e diziam-lhe:
      - Venha connosco viver para o outro lado do rio!                   
      Mas o velho crocodilo respondia sempre da mesma maneira:
     - Não filhos, quero ficar aqui e morrer aqui !                            
     Quando os filhos se iam embora ele chorava. Mas um dia ouviu uma voz!
      - Pst, pst…
      O crocodilo levantou a cabeça e viu um passarinho no ramo mais tenro de uma árvore.
      - Queres ser meu amigo, não conheço aqui ninguém?! – disse o passarinho.
      - Então procura outro, sou muito mau!
      O passarinho deu uma gargalhada.
      - Estás a falar assim para me assustares!
      - Ai não acreditas, vais ver…
     Então fechou a boca com ele lá dentro e abocanhou-o, mas arrependeu-se e libertou-o.
     - E agora acreditas?
      Sem forças não respondeu logo, mas quando pode falar disse:
      - Acredito, és mau! Mas quero ser teu amigo, pronto!
     O crocodilo admirou a coragem do passarinho e assim nasceu esta estranha amizade.

 Fernando 3º ano      

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por EB1 Cumeira às 22:08
ligação do artigo | comentar | favorito
|

Mais sobre nós
A NOSSA ESCOLA

 

 

 

O Plano de Emergência da nossa escola
(versão pps)
PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011

 

 

(VER/DOWNLOAD)

ACTIVIDADES JÁ REALIZADAS (ANO LECTIVO 10/11)
O NOSSO AGRUPAMENTO

 

 

REGULAMENTO INTERNO

(versão pdf)

 

PROJECTO EDUCATIVO

(versão pdf)

A Associação de Pais da Nossa Escola

 

associacao.pais.eb1.ji.comeira@gmail.com

 

ligações
artigos recentes

Visita de um artesão à es...

PADRINHOS E AFILHADOS

REGRESSO À ESCOLA

FEIRA DO LIVRO

DIA DA MÃE

PÁSCOA

DIA DO PAI

VISITA DE ESTUDO

NATAL

Alimentação

arquivos

Janeiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Abril 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post